Como fazer overclock da CPU?

Como fazer overclock da CPU?

Tempo de leitura: 7 minutos

processador sem pasta térmica

Você sabe como fazer o overclock da CPU ou de outro componente do seu computador? Tem conhecimento sobre o procedimento?

Se acaso você está pensando em garantir um melhor desempenho ao seu computador, fique conosco. Ao longo deste texto, nós vamos lhe ensinar como fazer o overclock em sua máquina.

Vamos lá?!


O que é overclock?

Saiba que o seu computador, quer seja ele notebook, quer seja ele desktop, funciona transformando energia elétrica em informação. Além disso, é claro, há calor e ruído.

Ou seja, as peças que fazem parte do seu computador são fabricadas para que possam operar a partir de uma determinada taxa de conversão. Como se a quantidade Y de energia fosse igual à quantidade Y de clock do processador.

Para entender bem o que é o overclock, busque pensar em um momento em que você não está satisfeito com a relação sobre a qual falamos, ou seja, você quer que o processador alcance uma velocidade mais alta. Isso quer dizer que ele deve trabalhar com mais agilidade, o que se resolve com eletricidade.

Overclock, então, nada mais é do que atingir os clocks mais altos que um processador pode alcançar, a partir da energia disponível a ele. Ou seja, trata-se de aumentar a frequência de fábrica do componente!

No entanto, saiba que não é só o processador de um computador que pode ganhar aceleração. Ainda que este seja o componente mais comum para isso, outros também podem receber.

São os casos, por exemplo, dos pentes de memória RAM, assim como do chipset da placa-mãe, da memória da placa de vídeo e até mesmo do processador gráfico.

Além disso, entenda que o processo de aumentar a oferta de energia elétrica aos componentes exige bons e eficientes sistemas de refrigeração. Afinal, os computadores vão precisar dissipar mais calor, devido ao crescimento de seu desempenho.


Riscos e vantagens

Quando se faz um eficiente overclock, o usuário pode alcançar um ganho de até 30% no desempenho de seu notebook. Mas, reforçando, isso só ocorre se o processo for realmente bem feito.

Com esse aumento no desempenho, o computador se torna mais robusto. Assim, é capaz de executar programas mais pesados, com uma performance superior à anterior. Isso vale, por exemplo, para jogos de última geração, assim como para programas de edição de imagens e programas de renderização de vídeos.

No entanto, saiba que também há riscos envolvidos em um processo de overclock. E é preciso ter muita atenção a eles, para estar ciente do que está fazendo e não se arrepender depois.

Lembre-se de que o overclock força um componente do seu computador a funcionar em um regime que rompe com o design de seu fabricante. E esse fabricante, com toda certeza, investiu uma bela quantia de dinheiro no projeto que definiu a sua taxa de operação.

Sendo assim, ao fazer o overclock de um componente, como a CPU, você está testando os limites físicos dessa peça. E, como bem sabemos, as peças de aparelhos eletrônicos são bastante sensíveis.

Além disso, saiba que o uso mais longo do overclock provoca a redução da vida útil do sistema. Do mesmo modo, quando é feito sem a devida atenção, há o risco de derretimento dos circuitos, o que invalida a sua vida útil.

Outro ponto a se destacar, aliás: os fabricantes não cobrem danos causados por overclock.


Como fazer overclock da CPU?

Em primeiro lugar, você deve verificar a temperatura do núcleo da CPU. Lembre-se de que, após o overclock, o núcleo vai ficar mais quente, então você deve possuir uma base de comparação para testes futuros.

Logo depois, você deve monitorar a estabilidade da CPUA com um teste de estresse. Assim, você é capaz de saber se a CPU está estável o bastante para suportar um overclock.

Se acaso ela não estiver, há o risco de queimar a CPU, além de outros danos ao seu computador. Desse modo, baixe algum programa de teste de estresse e deixe-o rodar. Ah, não se esqueça de verificar se o computador está com a refrigeração certa antes desse teste.

O próximo passo é avaliar o desempenho atual da CPU, para poder comparar após o overclock. Há ferramentas como a Cinebench que podem te ajudar com isso, aliás.

Depois, acesse o UEFI ou a BIOS do seu computador e encontre a aba de overclock. Assim, você deve abrir as configurações e clicar em “Atualização e segurança”.

Logo após, vá em “Recuperação” e em “Reiniciar agora”. Desse modo, o seu computador vai reiniciar e exibir um menu com algumas opções de inicialização. Você, então, deve optar por “Solucionar problemas”.

Vá em “Opções avançadas” e em “Configurações de Firmware UEFI” para, enfim, clicar em “Reiniciar”. Quando isso ocorrer, o seu computador vai exibir o UEFI e você deve ajustar o multiplicador de relógio.

clock do processador

As últimas ações

Já caminhando para o fim, você deve encontrar o overclock tanto no UEFI quanto no BIOS. Ao encontrar o multiplicador de relógio, aumente em apenas uma unidade, salve as configurações e reinicie a máquina. Faça, então, um novo teste de estresse e vá registrando os resultados da CPU, sempre atento à temperatura.

Além disso, você ainda pode aumentar o multiplicador em um núcleo e voltar para aumentar os demais. Mas lembre-se de que o seu sistema vai ficando mais quente à medida que mais núcleos passam pelo overclock.

O limite em que a sua CPU passa a consumir mais energia do que a sua fonte de alimentação deve ser respeitado pelo multiplicador. Por fim, vale ressaltar que o overclock é um processo gradual.

Sempre que você aumentar o multiplicador, teste o overclock e compare os resultados. Mas não se esqueça de salvar as configurações, reiniciar o computador.

Além disso, também é possível fazer um overclock automático. Ele, então, vai escolher o multiplicador por você, uma opção mais confiável para quem não domina muito o assunto.


Conheça os produtos da BringIT!

Se nós te ajudamos nesse post sobre como fazer overclock, temos certeza que podemos te ajudar ainda mais!

A BringIT é uma loja a mais de 10 anos no mercado. Nesse sentido, nós contamos com um catálogo variado que abrange diversas marcas, séries e modelos. Igualmente, nossos produtos são de alta qualidade e alta performance e passaram por rigorosos testes que atestam tudo isso.

Somos especializados em baterias e oferecemos todo o suporte necessário para lhe ajudar na compra. Como resultado da nossa seriedade com o cliente, oferecemos 8 meses de garantia em suas baterias!

Achou pouco? Pois não! Além disso, nós temos preços justos e que cabem em seu bolso. Isso porque respeitamos os nossos clientes e apostamos em oferecer um belo custo-benefício! Diferencial, não é mesmo?

Procurando por uma nova bateria para o seu notebook? Clique aqui e conheça as nossas opções! Se o seu problema é fonte, nós também temos a solução! Então, clique aqui e confira!

Está em busca de mouses, teclados, fones de ouvido ou outros periféricos? Saiba quais são as nossas opções clicando aqui!

Veja também um pouco mais dos nossos produtos em nosso site!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *